Uma rivalidade imortalizada.

Alain Prost, um nome que jamais será esquecido no automobilismo.



Com grandes feitos e conquistas, Prost marcou a história da elite da velocidade  com 4 títulos mundiais de Fórmula 1, ficando conhecido como o rei do Rio após ter conseguido 5 vitorias nas corridas difíceis e desgastantes na cidade  cidade maravilhosa.

 Prost é muito lembrado pelos torcedores pela sua grande rivalidade com o brasileiro Ayrton Senna. Ao longo de suas carreiras na Fórmula 1 os dois lutavam intensamente  na pista  e fora dela. Foram 5 anos de momentos inesquecíveis, entre eles estão as disputas por dois títulos mundiais quando eles dividiam a Mclaren entre 1988 e 1989.

Alain nunca havia um enfrentado um adversário com tanta determinação para vence-lo e,   Ayrton estava enfrentando o seu adversário mais cerebral, é este ponto o que levou os dois brigarem tanto, chegando ate a terem uma relação conturbada.

Os dois pilotos se separaram, pois o clima na equipe ficou tão difícil, que o francês deixou a Mclaren e foi para a Ferrari. Depois disto Senna ainda  ganharia um campeonato em cima do grande rival com uma manobra polemica, o "troco" em cima de Prost que havia batido no brasileiro em 1989 e tirado as chances de Senna conquistar o título depois de uma decisão política e injusta de seu compatriota e então presidente da FIA Jean-Marie Balestre.

 Em 1993 Ayrton e Alain  ainda brigaram pelo título mundial, o francês então na Williams tinha o melhor carro e  levou a melhor no final, mas teve que lutar muito para vencer o talento do brasileiro que indiscutivelmente tinha era melhor que o francês. Recentemente, em uma Entrevista para a revista F1 Racing que circula na Europa e nos Estados Unidos, Prost falou sobre um outro lado desta rivalidade que poucas pessoas conheciam. O francês conhecido como "o professor" por ser calculista na medida certa durante suas corridas,   revelou uma aproximação com Ayrton Senna depois de sua saída da  Fórmula 1. Prost conta que Senna sentia falta de seu grande adversário chegando a pedir ao francês que voltasse a categoria, a amizade entre eles cresceu muito poucas semanas antes do acidente fatal de Ayrton.

No GP de San Marino 2 dias antes da morte de Senna, o brasileiro disse pelo radio de seu carro durante os treinos a seguinte mensagem "sinto sua falta Alain ".  




Na entrevista para a revista F1 Racing Prost lembrou de todos os momentos com o brasileiro e disse "a minha história com Ayrton não acabou após o fim da minha carreira na Fórmula 1, ela continuará para sempre". E certamente vai continuar sim, manobras de puro talento como a de Senna sobre o Francês  em Suzuka 1988 ou a disputa entre o tetracampeão e o brasileiro em Silverstone 1993, entre outras jamais serão esquecidas por todos os fãs da categoria.

Nós separamos um vídeo com os melhores momentos destas grandes disputas, vale apena ver e rever , assistam!.


Matéria de Nathan Sahium 

http://rfinal.blogspot.com.br/



 Formula Gamer
Venha viver essa emoção!



0 comentários :